Browsing Tag

casamento civil

noiva e sogra
Criatividade, Economia

Casei com a sogra!

Já ouvi muitas vezes que uma mãe é capaz de matar e morrer por sua prole. O tempo passa a idade chega e frases como essa começam a fazer total sentido. Depois de todos os perrengues e comédias que vivi e presenciei no mundo casamenteiro, me atrevo a dizer que uma mãe é capaz de matar, morrer e até CASAR pelos filhos! Minha amiga, Jozy Sabry, não me deixa mentir. Hoje, ela pode abrir a boca e dizer: “Casei com a sogra! E, detalhe, não me arrependo, hein?!” Hahaha.

Casamento Civil

Eu explico! Em 2012, Jozy e o então noivo, Davi, decidiram casar. Só havia um probleminha: um morava em Fortaleza (CE) e o outro em São Paulo. Da Terra do Sol pra da Garoa e vice e versa são pelo menos três horas de avião, mas a viagem custa algumas (muitas) “Dilmas”. Era impossível ficar no vai e volta toda hora. Com a noiva de mudança e o casal juntando cada centavo pra começar a nova vida, toda economia era bem vinda. Pois bem. Ao dar entrada na papelada para a cerimônia religiosa, a Igreja pediu logo junto os papéis do casório civil. Seria mais um custo. Mais um voo, além do final de semana do curso de noivos e do dia da festa. Foi aí que a sogrinha, dona Olganê Sabry, entrou em cena!

Casamento Civil

A grande sacada foi convidá-la para “casar” no cartório com a nora, representando o filho. Checaram todos os trâmites e, apesar de ser um tanto incomum, o plano era possível e a noiva amou a solução!

Foi massa demais!!! Ela é um amor de pessoa, né? Tava sempre disponível pra ajudar a gente e ainda teve que se despencar da casa dela pra ir lááá no cartório do Mucuripe (Fortaleza), só pra assinar. Minha sogra é única! Existe não! Foi que nem um casamento civil mesmo: eu, ela e as testemunhas (minhas amigas do trabalho). :mrgreen:

Casamento Civil sogra

Casamento Civil

A sogrinha também adorou! Afinal, quando os filhos  dizem “sim”, as duas famílias viram “uma coisa só” e essa é uma das melhores partes. 😉

Eu fiquei lisonjeada com o fato de poder representar o meu filho num momento tão especial. Fiquei muito feliz. Depois, quando comentava com alguém, as pessoas diziam: e você foi? Foi emocionante? E eu: Foi, sim! E foi isso mesmo. Muito bacana poder participar de um momento tão único da vida do meu filho com a minha nora!

Casamento Civil - noiva e sogra

Missão cumprida! Depois, foi só esperar o dia do casamento religioso e da festa pra celebrar o amor e a criatividade!

noiva e sogra

Foi ou não uma excelente ideia?! 😀

Dica de Noivinha Experiente

  1. Não tenha medo de tomar decisões necessárias, apenas por não serem convencionais. Procure facilitar a sua vida e a do seu noivo. Alternativas como esta do casamento por procuração ou do religioso com efeito civil, como foi o meu caso com o meu marido,  podem ajudar muito a descomplicar o processo e poupar tempo.
  2. Pesquise e persista nas suas decisões. Não se deixe levar pelas críticas carregadas do velho “tem que ser assim” ou por opiniões sem fundamento para fazê-la mudar de ideia. Quando decidimos pelo religioso com efeito civil, algumas pessoas da igreja quiseram nos amedrontar, dizendo que nesse tipo de processo o casamento não pode ser desfeito nem se o cônjuge morrer, porque o padre não separa. E eu tava pensando em separar? Eu queria era casar! Hahaha… É cada uma viu? 😆

 No próximo post

A gente já cansou de dizer e provar por A+B que, em se tratando de casamento nem tudo sai tim-tim por tim-tim como planejado e idealizado. E tem algo na vida que é certinho assim? Desconheço! hahaha. No próximo post vamos falar novamente de um casamento diferente, que misturou união religiosa e batizado do filho dos noivos. Vem aqui na quinta-feira que vem! 😉