doença antes do casamento
Erros e lições, Família no Casamento

“Descobri que estava bem doente nos preparativos do casamento”

Foi amor à primeira vista. Quando a Caroline se encontrou com o Rafael, (depois de várias tentativas frustradas do rapaz, diga-se de passagem) as borboletinhas no estômago dela finalmente gritaram: É ELE!!! 😍 

Desde esse dia não nos separamos mais. Noivamos um ano depois, no dia 31 de dezembro de 2014.  

O casamento foi marcado para o fim de julho de 2016. Porém, cerca de três meses antes do tão sonhado SIM no altar, algo estranho começou a incomodar a noiva.

Estava com uma tosse horrível, mas como tenho várias “ites” (rinite, sinusite e bronquite) não me preocupei.  Tomei meus remédios de costume e segui. No final de maio, ainda estava ruim. A tosse só aumentava! Procurei meu pneumologista e ele disse que se tratava de um processo alérgico. Mas alguma coisa estava errada, pois remédio nenhum estava fazendo efeito.

Ela voltou ao médico e, dessa vez, fez uma radiografia dos pulmões. O exame mostrou uma lesão em um dos órgãos. Foram mais alguns dias de angústia e outros exames até o diagnóstico da doença antes do casamento: tuberculose! Enfermidade infectocontagiosa que pode ser fatal e que progride silenciosamente.

doença antes do casamento

Não tinha sintoma algum, fora a tosse. A febre só veio dois dias antes do resultado. Não havia emagrecido, pois estava comendo muito por conta da ansiedade. Aquilo foi desesperador, não só por estar doente, mas pelo medo de ter passado para alguém da família, meu noivo, ou pior, para os meus alunos, já que sou professora. 

Que situação complicada! A Carol começou o tratamento da doença no mesmo dia que recebeu o resultado final. Um tratamento um tanto quanto sofrido, mas que não a fez desistir do sonho de casar como o planejado.

doença antes do casamento

“Com o tratamento vieram as dores horríveis, muita falta de ar, enjoo, sono, fraqueza. Mas em momento algum pensei em cancelar o casamento. Fiquei uma semana sem conseguir fazer nada da festa. Meus convites estavam todos para fazer, mas eu só conseguia dormir. Uma semana depois, decidi que seria mais forte que a doença e comecei a fazer o que faltava.”

A noiva explicou que, depois de 15 dias seguindo o tratamento, não há mais grande risco de contágio, mas é necessário evitar lugares fechados e com muitas pessoas. Com quase três meses de tomando os remédios, o risco é praticamente zero. Claro, sempre é preciso tomar precauções como: usar máscara, lavar as mãos frequentemente, etc. Muitas pessoas têm preconceito com a tuberculose, por falta de informação. A força e a ajuda da família e do noivo da Carol foram fundamentais nesse período.

doença antes do casamento

O remédio tem alguns efeitos colaterais como queda de cabelo (raro mas, mas aconteceu comigo) e manchas na pele. Passei dois meses tomando 4 comprimidos gigantescos todos os dias pela manhã, em jejum. O brinde de casamento foi apenas simbólico, pois eu não podia ingerir bebida alcoólica.

doença antes do casamento

(Já viu esse post emocionante sobre como a filha envolveu o pai com Alzheimer nos preparativos do casamento?)

Aflição no dia do casamento

Como se não bastasse tudo que a noiva teve que passar por conta da tuberculose, no dia do casamento, ela ainda precisou lidar com um super atraso da costureira.  😡 

Estava uma pilha de nervos! Minha mãe, que iria se arrumar comigo, estava super atrasada e foi aí que percebi que havia alguma coisa errada. Liguei em casa e descobri que a costureira, onde todas as madrinhas tinham mandado fazer os vestidos, não havia entregado as peças. Faltavam também os vestidos das minhas damas, que mandei fazer na mesma costureira.  Comecei a chorar! Tomei 5 copos de água com açúcar e nada de ficar calma. 

Imagine a loucura! Por fim, os vestidos foram entregues 20 minutos antes do casamento, todos com defeitos.

A Carol merece os parabéns, hein?! Segurou a onda e não deixou o desespero acabar com o brilho do momento. No horário marcado, lá estava ela na porta da igreja, linda e forte, para celebrar a vida e o amor.  A cerimônia foi linda!

doença antes do casamento

Para as noivinhas que estão passando por algum problema ou momento difícil, não desistam, deixem tudo nas mãos de Deus pois ele pode tudo, sejam fortes.

* Fotos oficiais: Glamour Foto & Art


Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply