Criatividade, Economia

Para pagar casamento, vale até…

É certo, que hoje em dia, com essa indústria louca do casamento, juntar dinheiro para casar bonitinho não está nada fácil, concordam?

Dia desses, passeando pelo Instagram, vi uma noiva rifando o próprio cofrinho de moedas, para ajudar com os gastos da Lua de Mel. Também já acompanhei noivas falando sobre pedir aos convidados, em um chá de panela e até no casamento, aqueles cartões de loteria, as famosas raspadinhas da sorte, sabe? Elas são bem baratinhas e podem esconder alguns prêmios interessantes. Quem é noiva sabe que qualquer 50 reais já ajuda, né?!  A proposta é que a “raspagem” se torne uma brincadeira descontraída que envolva toda a galera da festa. Mas, hum…Não sei bem se amo essa ideia. Você faria isso?

Eu gostei mesmo foi da criatividade, coragem e da determinação do casal de noivos Silvia e Fillipe, que estão de casamento marcado para o fim de 2015. Desde março, todo final de semana é dedicado ao trabalho extra para fins “casamentícios”.

O bom é que os convidados não são importunados com ordens pedidos de traga/compre isso ou aquilo. Na verdade, quem está ajudando os dois a juntar dinheiro para casar dificilmente verá a cor dos docinhos gourmets e bem casados da festa. Como assim? Com uma caixa de isopor abastecida e sob o sol de rachar de Alagoas, eles saem devidamente uniformizados para vender água mineral aos banhistas na praia de Ponta Verde.

juntar dinheiro para casar

A ideia de vender água na praia partiu do Felipe. Quando noivamos, decidimos fazer um orçamento do que seria necessário para montar o apartamento e fazer uma festa de casamento. A gente percebeu que para o básico do apartamento teríamos condições de pagar, mas não teria dinheiro para uma festa de casamento, já que tudo é muito caro! Então decidimos casar só no cartório, mas eu fiquei meio triste e o Fillipe quis me dar essa festa, mesmo que extremamente simples.

Muita gente que frequenta a praia compra as garrafinhas só para ajudar o casal. Tem uns que pagam e nem querem a água. Ficam comovidos e emocionados com essa força de vontade que nasce da fé no amor. ♥  Não é lindo?

noivos vendem água para juntar dinheiro para casar

O trabalho ambulante dos noivos foi algo tão surpreendente que a notícia se espalhou rapidamente e saiu até no portal G1 de Alagoas. Olha que máximo! (Confira a matéria na íntegra aqui)

juntar dinheiro para casar

Silva e Fillipe planejam continuar com a empreitada até outubro, mês do casamento. Se até agora, todo esse esforço tem valido a pena?

Tenho percebido que sim, ainda que o dinheiro não seja o suficiente hoje, acreditamos que nosso objetivo será alcançado. Deus está fazendo mais do que pedimos ou pensamos!

juntar dinheiro para casar

O lucro está sendo colocado em um cofre, por isso eles ainda não fizeram a contabilidade de quanto já arrecadaram. O objetivo não é fazer uma festona de arromba, mas um mini-wedding, pequeno, singelo e inesquecível.  (Viu os bastidores do mini-wedding na praia que contamos aqui no blog? Vale a pena ler!)

Queremos receber fotos desse casamento, hein, Silvia?! Felicidades mil pra vocês! E ah, também voltem aqui pra dizer quanto conseguiram com a venda de água!  🙂

juntar dinheiro para casar

Agora, me digam, quem aí teria a coragem deles?

 


Previous Post Next Post

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Casal junta latinhas para casar • Causos de Noiva junho 20, 2016 at 8:57 pm

    […] o negócio aperta, os noivos também sabem se reinventar. (Lembram desses dois que vendiam água na praia?) O Bruno e a Ana, juntos há quase dois anos, são exemplo disso.  Pra eles, não tem tempo ruim […]

  • Leave a Reply