noivo beija mão da noiva
Criatividade, DIY, Economia

A beleza de um casamento feito à mão

Com o que uma noiva sonha, quando aceita subir ao altar? O momento mágico em que dizemos sim ao nosso grande amor. O começo da vida a dois. Os primeiros meses de planejamento são pura alegria. Mas, uma hora ou outra, todo casal vê o projeto ameaçado pelos custos da celebração e da festa, que decolam mais rápido que foguete. Vestido + Bolo + Buffet + Decoração + Etc, Etc, Etc = $$$$$. É conta sobre conta. Há saída, meus amores, digo sem medo. Use e abuse do bom e velho do it yourself. 😉  Disposição, criatividade e um pouquinho de habilidade são tudo o que você precisa pra economizar e, principalmente, dar aquele toque intimista e único que só um casamento feito à mão pode ter.

Minha amiga, Taira Monezzi, nossa talentosa personagem de hoje, chegou a essa conclusão desde o começo.

Eu realmente gosto das coisas do meu jeito e queria gastar pouco. Só vejo vantagem. Se você tiver tempo disponível, vale à pena. Não só pelo dinheiro, mas acho que casamento é algo tão íntimo que é legal ter coisinhas feitas pelas nossas próprias mãos.

iniciais dos noivos em mdf

Com materiais encontrados em casa ou comprados baratinho em lojas de artesanato, a noiva caprichou nas criações. Foram meses de trabalho e, no fim, amigos e parentes mais chegados ajudaram o casal nos últimos detalhes. O resultado não poderia ser mais original!

lousa em casamentoOs pombinhos, Taira e Juan, casaram no dia 3 de agosto de 2014, em Ribeirão Preto (SP). O espaço rústico e verde ficou lindamente decorado. Um caminho de corações levava ao altar arrumado com flores de papel, cortinas de juta e fitas. Não ficou um charme?

noivos no altar

Temos que dar os créditos, aqui. A Taira deu um baile. Repara no bouquet de tule, fuxicos, contas e fitas que ela mesma fez. CHO-CA-DOS?!  😮

noivos se beijando com bouquet

E quem diria que discos de isopor, folhas de um livro antigo, renda e flores poderiam se transformar nesse lindo bolo? Sério, queria pra mim, gente! Os bonequinhos do topo também foram pintados por ela!

bolo fake

noivos topo de bolo de madeira

Com o varal de fotos, o casório ficou ainda mais intimista.

varal de fotos

E nem precisa dizer que os convidados amaram as lembrancinhas personalizadas.  😛

lembrancinhas casamentolembrancinhas casamentolembrancinhas casamento

No fim deu tudo certo. Economizei muito, todo mundo elogiou e até vendi a maioria das coisas de decoração que fiz! Hahaha.

brinde noivos

Parece difícil, mas não é!

Não há segredo, pessoal! Não saber costurar ou pintar como a minha amiga, Taira, não são desculpas para deixar de dar o seu toque especial no casamento. Há coisas super simples que você pode fazer e não pedem “experiência” com artesanato. Vou dar alguns exemplos mamão com açúcar que fiz para o meu casório.  😀

Bastidores de bordado e rendas diferentes viraram lindas molduras pras paredes do buffet. Por meses, juntei garrafas de vinho e espumante, decorei com recortes de jornal, usando cola branca, e elas se tornaram jarros bem bonitos. A canecas formando a palavra LOVE em papel adesivo, também, ficaram uma gracinha, não acham?

cenário do bolo

As rolhas das garrafas foram em vasos pra dar o tom rústico. Também comprei vidros pequenos, apliquei tecido nas tampas com cola quente, fiz um laço com fita de cetim, enchi com doce de leite e de banana e TCHAN-RAN: lembrancinhas deliciosas para os convidados.  :mrgreen:

Lembrancinhas, doces e decoração rústica

doces lembrancinhas casamento

Para os arranjos das mesas, fiz garrafas decoradas com barbante, tecido e renda. Como o material era mais difícil de aderir ao vidro, precisei usar cola de artesanato que encontrei em lojas específicas (pra ser sincera, acabei com o estoque de uma delas, hahaha). Pedi ajuda das tias e até das primas pequenas. No fim, todo mundo gostou, muita gente levou de lembrança e as que sobraram foram embelezar o casamento de uma amiga.  😉

garrafas decoradas casamento diy

Outra ideia legal foram as letras de cartonagem. Imprimi os moldes, colei em folhas grossas de isopor e recortei com estilete, depois cobri com tecido estampado, usando cola branca e pincel. Na internet há vários tutoriais. Dá um trabalhinho, mas fica super bonito na decoração.

Letras de Cartonagem

Na hora de jogar o bouquet (que substituí por cupidos), as solteiras (e algumas comprometidas, também) ganharam uma tiara com véu de noiva que fiz com tiaras cruas, fita de cetim, tule e cola quente. Marinheira de primeira viagem sofre um pouquinho, né? Queimei a ponta dos dedos algumas vezes, mas depois peguei o jeito. Aprendi o passo a passo em blogs e no querido-amado-lindo-tudo YouTube. Ninguém nasce sabendo, pessoal! Hahaha.  😆

Tiaras para as solteiras

A última das investidas malucas foi a leva de cataventos, hahaha. Convoquei minha prima, Cynthia, que é professora e já fez muuuuitos na vida, compramos cartolina colorida, palitos de churrasco e tachinhas e colocamos a mão na massa.

Nossa produção em escala resultou em 50 cataventos, todos devidamente testados no ventilador no 3! Haha. Se não girasse, voltava pra ser consertado. Ora mais! Enfim, fiquei sabendo que tinha um jardinzinho na parte externa do buffet e foi lá que se acomodaram os cataventos. Ficou uma fofura! Sempre que dava, ia lá fora comer um docinho ou fazer qualquer outra coisa só pra apreciar as “lindêzas” que tínhamos produzido madrugadas a dentro. Valeu à pena o resultado! And they lived happilly ever after depois, na festa do dia das crianças da minha escola e todos amaram também!

cataventos e noivos no jardim

Então, amores, é isso! Se vocês estão pensando em aderir à ideia, não tenham medo. Pesquisem na internet, conversem com outras noivinhas, inspirem-se aqui no blog, arregacem as mangas e façam vocês mesmos! Garanto que seu grande dia vai ser cheio de personalidade!!! 😎

*Fotos Tayce e André: Clécio Albuquerque e Jozy Sabry

No próximo post

Imagine estar pronta pontualmente, linda e ansiosa para casar e descobrir que todos já estão a postos, menos quem? O Padre! Até aí tudo, bem, atrasos acontecem. O problema é que, depois de horas, o religioso não tinha “dado as caras”! A Amanda Sobreira, nossa noiva da semana que vem, deu o jeito dela e casou mesmo assim! A gente conta tudo na próxima quinta-feira!


Previous Post Next Post

You Might Also Like

7 Comments

  • Reply “Meu maior medo era meu pai não lembrar de mim até a cerimônia” • Causos de Noiva julho 31, 2015 at 1:03 pm

    […] E você, querida leitora, aproveita e dá uma olhada na beleza especial que envolve um Casamento Feito a Mão! […]

  • Reply Karla Mendonça julho 23, 2015 at 11:45 pm

    Gosto sempre de todas as histórias, mas esse post para mim foi o melhor!

  • Reply thais junho 30, 2015 at 5:25 pm

    poxa, queria saber o local do casamento em Ribeirão Preto-SP.
    Se possivel me fale.
    bjoos

  • Reply Karine Matos abril 29, 2015 at 7:49 pm

    Aprecio muito o ‘do it yourself’! Realmente acredito que isso é um fator pra deixar tudo a cara dos noivos. Meu casamento vai ser no dia 05/03/16 e estou super procurando TUDO de diy. Vai ser estilo rústico também e na casa dos meus pais, casa de praia que não tem vista pro mar, então não vai ter decoração ‘praiana’. ;D
    Essa leitura me motivou bastante pois eu não penso em contratar decoradora! É isso mesmo… todos já me chamaram de louca. Eu vi uma matéria de uma noivinha que fez tudo também e fez uma logística bem bacana pra isso acontecer! Entãoo… Espero encontrar mais textos assim! Beijos!

    • Reply Kamilla Ladeira abril 30, 2015 at 6:07 pm

      Aposto que seu casamento vai ficar lindo! Claro, vai dar um trabalho danado, mas vai valer muito a pena! Vai ser diferente, único e super pessoal. Obrigada por ter passado aqui e deixado um pouquinho da sua estória. Amamos!
      Beijos

    • Reply Tayce Bandeira maio 9, 2015 at 5:22 pm

      Fico muito feliz que gostou das dicas, Karine! 😀 Prometo outros posts de DIY em breve pra inspirar ainda mais você!! <3 Eu fiz muita coisa sozinha e com a ajuda da família e dos amigos, mas também tive decoradora no buffet e cerimonialista. Agora a outra noivinha desse post, minha amiga Taira Monezzi, fez tuuuuudo por conta própria. Conto tudo aqui também: http://causosdenoiva.com.br/ter-ou-nao-ter-cerimonialista-polemica/ Espero que nossos causos possam ajudar você a se planejar e tomar suas decisões. Que seu casamento seja lindo e só alegria! 🙂 Bju!

  • Reply Ter ou não ter cerimonialista. Polêmica! - Causos de Noiva abril 24, 2015 at 2:41 am

    […] próximos do casal. Cada detalhe feito artesanalmente deu o toque pessoal e intimista ao ambiente (Clique aqui pra ver mais!). E o que precisou ser comprado ou contratado, a noiva resolveu rapidinho, sem criar uma ruga […]

  • Leave a Reply