casamento duplo
Criatividade, Família no Casamento, Originalidade

Casamento duplo: nascemos e casamos no mesmo dia

Quem aí quer ser solteira para sempre, levanta a mão!

Hum…tudo bem, eu sei que hoje muitas mulheres modernas querem, sim, permanecer nesse estado civil. Ok. Mas esse não era o caso das irmãs e super amigas Clara e Mariana Gontijo de Belo Horizonte. Essa coisa de solteirice já estava se tornando um saco! E não havia namorado e muito menos uma perspectiva de casamento, claro!
Em um momento de “reclamação com a vida”, a mãe das meninas resolveu revelar uma história sobre uma planta, a avenca (oi, prazer!):

Ela disse que quando éramos crianças uma vizinha viu a planta na janela e falou que em casa que só tem meninas não era bom ter avenca porque as filhas nunca casariam. Perguntamos da tal avenca e ela disse que estava lá, há mais de 30 anos, firme e forte. Nós duas, eu e Mariana, saímos feito loucas atrás da tal avenca para jogar fora, mas minha mãe não queria de jeito nenhum se desfazer da planta. Mudamos o vaso no mesmo dia para a garagem da casa e, por fim, ela concordou em doar para uma amiga.

casamento duplo

Oh céus. Coitada da mãe. Precisou se desfazer da plantinha que cuidava por 3 décadas.  🙁

Coincidência ou não, Clara e Mariana, começaram a namorar meses depois.

Os namorados eram tão certos que, em menos e um ano, já falavam em casar.

Às solteiras: quem quer homens decididos assim, levanta mão!  😆
Ah, as coincidências na vida das irmãs não começaram com a chegada dos homens apaixonados e decididos, não. As duas nasceram no mesmo dia! Não são gêmeas, o que torna tudo ainda mais legal, pois decidiram vir ao mundo no mesmo santo dia, com uma diferença de 6 anos entre um parto e outro. Massa, né?!

Porque, então, não fazer um casamento duplo, uh?!

casamento duplo

A ideia do casamento duplo veio dos nossos pais, durante um almoço em família. A relutância minha e da minha irmã durou pouco tempo, o suficiente para amadurecer a ideia. Percebemos que com isso dividiríamos as despesas, os problemas e também a alegria de um evento maior e mais cheio de emoção do que um casamento individual. Sempre dividimos o aniversário com muito prazer e dividir o casamento não seria diferente. Eu (Clara) sou designer e fiz os convites e a identidade da festa, uma amiga da minha irmã fez a decoração, a celebração foi realizada pelo primo do noivo com a participação de parentes e amigos dos casais, tudo muito do nosso jeitinho, priorizando a família e o amor. Perfeito e único.

convite casamento duplo

casamento duplo
E pra onde cada um foi na lua de mel? Yes, os dois casais foram pra Europa! Mas, calma. Eles se despediram no aeroporto e curtiram roteiros diferentes.  😉

casamento duplo


Pra quem pensa em fazer um casamento duplo

Não precisa dizer que é preciso ter uma relação incrível com aquele ou aquela que vai fazer o casamento com você, certo? As divergências vão aparecer, afinal, ninguém é igual a ninguém. Se uma noiva já é indecisa, imagine duas, hein…Isso sem falar nos noivos, que podem ter gostos totalmente diferentes, né?!

No caso da Mariana e da Clara, a decisão do horário da festa precisou ser feita com uma certa cautela.

Eu (Clara) e meu noivo queríamos animação e festa, o que pedia um evento noturno, mas minha irmã queria algo mais diurno, tranquilo. Fizemos o evento às 17, pegando o entardecer, em um lugar campestre lindo que tinha mesas fora e um espaço fechado para rolar a dança e a festa mais tarde.

As vantagens, no entanto, parecem superar as desvantagens. Olha o que a Clara falou:

A melhor parte é dividir as tarefas, despesas e preocupações, compartilhando as emoções.

casamento duplo

E aí, teria coragem de dividir o altar com sua irmã, prima, amiga, seu irmão?

*Fotos: Lira Fotografia

 


Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply