All Posts By

Kamilla Ladeira

arrependimento da festa de casamento noiva descansando
Erros e lições, Ser esposa

10 coisas que recém-casadas fariam diferente na festa

Tem gente que não mudaria nada do que fez. Algumas mexeriam uma coisinha ali e outra acolá na festa. Ainda tem aquelas que tomariam decisões totalmente diferentes. Assim, resolvi reunir aqui algumas coisitas que já ouvi de recém-casadas e que podem ajudar bastante as noivas, cheias de dúvidas. A meta é não ter qualquer arrependimento da festa de casamento. 

arrependimento da festa de casamento

  1. Faça aquilo que você gosta, não o que os outros querem

O casamento é seu. Claro, escute os conselhos de quem te ama verdadeiramente, mas não abra mão do seu estilo, da sua personalidade para agradar os outros.

  1.   Simplifique. Obrigatório mesmo é o amor!

É preciso ter bem-casados? Precisa ter várias crianças como pajem e daminha? Kit disso e daquilo? Forminhas requintadas de docinhos? Carro da noiva? Placa de carro, taças, guardanapos personalizados? Meninas, nenhum detalhe é obrigatório ou “tem que ter”! Se você tem um determinado orçamento, coloque os pés no chão e faça uma festa de acordo com aquilo que você pode arcar. Você irá se arrepender se ficar com dívidas depois de casada.

casamento ao ar livre

  1. Não economize cortando assessoria

É muito difícil você conseguir organizar tudo sozinha. Não digo impossível, mas muito difícil! (Olha essas experiências!)

“Ah, mas a assessoria ou cerimonial só organiza fila”.

Negativo, mil vezes. Ela será seu braço direito durante toda organização do casamento e no dia estará atenta a todos os detalhes, resolvendo todo e qualquer pepino. Se você quer curtir sua festa, não pense em cortar assessoria. Imagine uma situação dessas aqui sem esses anjos da guarda!

  1. Tenha um tempo a sós no dia do casamento

noiva andando sozinha na praia arrependimento da festa de casamento

É muito legal estar com as amigas, a mãe, irmãs, primas, mas você precisa de um momento no dia só seu, sozinha, sem celular, computador, pra descansar a mente e acalmar o coração antes da celebração. Uma dica é ter esse tempo de solitude e colocar no papel os sentimentos daquele instante. É bacana ler o que escreveu depois e recordar toda a expectativa.

  1. Não escolha o vestido de noiva logo que noivar

Muitas noivas disseram que a primeira coisa que fizeram foi escolher o vestido. Provaram alguns poucos e já fecharam. Resultado: puro arrependimento. Durante o processo de organização de casamento, você irá se deparar com dezenas de modelos de vestidos e muitos vão chamar sua atenção. Experimente todos com calma e veja as possibilidades. Às vezes, aquele modelo que você nunca quis pode ficar deslumbrante em você e te surpreender.  

vestido de noiva arrependimento da festa de casamento

  1. Filmagem é realmente necessário?

Quem fez filmagem diz: “nossa, que maravilha! Revivi a emoção do casamento ao ver as cenas”. Quem não contratou uma equipe de filmagem, obviamente, não vai ter essa sensação e nem vai sentir tanta falta, já que ela não provou dessa emoção trazida pelo vídeo do próprio casamento. Ou seja, quem fez faria de novo e quem não fez diz que não se arrepende de ter só foto. Isso vai depender de você e do seu bolso. Eu, pessoalmente, acho algo bem legal para se investir.

  1. Escolha poucos e bons padrinhos e madrinhas

O que mais eu ouço é: “estou tão arrependida de ter convidado fulano para ser madrinha/padrinho. Pode desconvidar?” Desconvidar não, né, gente. Só em casos extremos!

arrependimento da festa de casamento noiva e madrinhas

Padrinhos devem ser aqueles que você conhece messssmo. Aquele com quem você já brigou, sorriu, chorou, viajou…E não queira encher o altar de pessoas. Não banalize o status de padrinho, convidando Deus e o mundo. Está com uma baita dúvida se deveria convidar fulana para ser madrinha? Na dúvida, deixe-a como convidada apenas. Lembre-se que ser convidado a um casamento também é um privilégio.

  1. Não dê seu dinheiro todo de uma vez

Economizou, se planejou direitinho e tem como pagar tudo à vista? Atenção! Já escutei histórias de profissionais que sumiram depois de receber todo o dinheiro dos noivos. Por precaução, barganhe um bom preço com uma entrada à vista e deixe para pagar o restante quando receber o serviço ou produto.

  1. Não deixe o estresse acabar com a paz do relacionamento

participação do noivo com buquê

As brigas vão acontecer durante os preparativos. É normal! Na reta final pode ficar pior, mas tenha em mente, que, geralmente, os noivos não estão na mesma órbita que as noivas. Eles podem ser mais tranquilões, menos atentos, mais preocupados com a lua de mel do que com a festa, etc. Converse, pergunte o que ele gostaria de cuidar pessoalmente e deixe-o responsável, sem cobranças ou intromissões irritantes. Não desconte seu estresse em ninguém, muito menos no seu noivo. Extravase na academia, na pista de corrida, de dança, etc. 

  1. Se algo não der certo no dia, esqueça!

* Docinhos não estão posicionados certos *

* Lacinhos do guardanapo são de outra cor *

* O fulano faltou *

* A sogra surtou *

Esqueça. Não há nada mais que você possa fazer. Aquele é o momento e você precisa vivê-lo intensamente sem se importar com detalhes que muitas vezes ninguém percebe, só você. Coloque na mente o amor que você sente pelo seu noivo e ele por você e siga em frente, celebrando, festejando, comendo e bebendo como se não houvesse amanhã. Afinal, novamente, o casamento é seu!   😉 

arrependimento da festa de casamento plaquinha

O que mais você acrescentaria nessa lista para evitar arrependimento da festa de casamento?

 

lua de mel de 12 meses pelo mundo mochilão
Criatividade, Economia, Originalidade

Lua de mel de 12 meses pelo mundo

Quantas vezes você já escutou:

“Nossa vocês deveriam gastar esse dinheiro todo da festa em uma viagem de arromba”?
Viajar é bom demais, mas a festa de casamento…ah, é um momento tão marcante! Talvez o único na vida que consigamos reunir tantos amigos e parentes em um ambiente que transborda amor e felicidade, né?!

Se eu fosse escolher entre festa e viagem bombástica? Hum…Caso meu marido topasse (o que acho pouco provável 🙄 ), eu iria enveredar para uma terceira opção como os Noivos na Estrada estão fazendo.

noivos na estrada preparando lua de mel de 12 meses pelo mundo

A Thais e o Rafael, ‘minerins’ de BH, que se conheceram pelo Tinder (olha só, mais um casal que se conheceu pelo aplicativo, além desse aqui do blog) vão fazer o casamento, com cerimônia, recepção e lua de mel. Mas bote lua de mel nisso. Será uma de viagem de 12 meses pelo mundo. Exato. Também fiquei chocada. Mas vou repetir pra você captar a mensagem: lua de mel de DOZE meses pelo MUNDO!!! 😯

Nos casaremos no dia 5 de agosto e, no dia 29, partiremos para nossa super lua de mel de um ano!
Considerando o roteiro atual (que já está na versão 21 e ainda poderá ser modificado! rs) serão 22 países distribuídos entre América, Ásia e Europa, sendo aproximadamente 4 meses para cada continente. Vamos começar pelas Américas, conhecendo da Colômbia até o México; depois, na Ásia, vamos rodar pela parte sudeste, desde o Vietnã até o Nepal; por fim, vamos conhecer o leste Europeu.

noivos na estrada com mapa para lua de mel de 12 meses pelo mundo

Que lua de mel espetacular!!! Dá pra imaginar como essa experiência vai ficar tatuada no coração deles?! E como será incrível contar tudo isso para os filhos, sobrinhos, netos?!

noivos na estrada lua de mel de 12 meses pelo mundo

Aí vocês já devem estar pensando: “só podem ser milionários pra conseguir fazer algo desse tipo”. Pois saibam, meus caros, que eles são gente como a gente, com contas, apertos e desapertos diários. Tinham essa ideia de rodar o mundo, mas havia a questão dos gastos e responsabilidades normais da vida. A Thais foi pesquisar e descobriu que uma viagem assim não era esse biiicho de sete cabeças, financeiramente falando.

lua de mel de 12 meses pelo mundo noivos na estrada

E, se íamos conhecer o mundo, por que não partir logo depois do casamento e transformar essa viagem em super lua de mel?

A grande diferença aqui é que o casal tem um pouquinho mais de ousadia e espírito aventureiro do que a maioria de nós, né?! Só de pensar de abandonar tudo por um ano, dá aquele medinho lá fundo. Mas os noivos fizeram um planejamento bem bacana para conseguir realizar essa estripulia com os pés no chão.

Vamos fazer uma viagem low cost, bem no estilo mochilão + hostel (albergue). Desde que resolvemos fazer a lua de mel de 12 meses pelo mundo, passamos a reduzir todo tipo de gasto possível! Morando juntos, já temos alguns gastos: financiamento do apartamento, condomínio, luz, telefone…mas reduzimos onde foi possível: nas saídas, compras, salões de beleza, plano de celular e até cortamos a TV a cabo. Com isso, conseguimos juntar uma boa parte do dinheiro. Nossa lista de casamento vocês já devem imaginar: cotas de lua de mel! Também estamos procurando alguém para alugar nosso apartamento. Venderemos o carro e o Rafael, que é arquiteto vai continuar trabalhando remotamente.

lua de mel de 12 meses pelo mundo mochilão

Claro que, no começo, o espanto foi geral entre os convidados. Aquele espanto de alegria mesmo. Depois, o pessoal começou a querer saber mais e até ver se conseguia combinar um encontro com a Thais e o Rafael por esse mundão. E não é que tá dando certo?!

Já temos companhia para nosso período na Tailândia =)

noivos na estrada sorrindo para lua de mel de 12 meses pelo mundo

E aí, quem toparia essa aventura? (Eu! Eu! Eu!)

Pra saber por onde eles andam, é só segui-los no Instagram, visitar o site (muito legal!) ou a página no Facebook.

@noivosnaestrada
noivosnaestrada.com.br
fb.com/noivosnaestrada

*Fotos: Rafael Cardias da Disse Sim

casal projeto uma latinha pra casar casamento simples
Criatividade, Economia

Casal junta latinhas para casar

Só quem está se preparando para casar, sabe o quão difícil é ver esse planejamento sair do papel. Qualquer casamento simples, hoje em dia, come uns bons bolinhos de dinheiro da nossa conta bancária. As tão suadas notas nem chegam a ver a cor do nosso bolso. Isso sem falar nas milhares de coisas que vão além de cartório e festa, como a arrumação da casa, né?!

Se o negócio aperta, os noivos também sabem se reinventar. (Lembram desses dois que vendiam água na praia?) O Bruno e a Ana, juntos há quase dois anos, são exemplo disso.  Pra eles, não tem tempo ruim quando a meta é juntar as escovas de dentes. Colocaram o casamento como objetivo e traçaram um projeto que deve terminar no final de 2016.

casal do projeto uma latinha pra casar casamento simples

Começamos a fazer os orçamentos para o casamento e vimos que não teríamos condições de pagá-lo com nossos salários. No fim de 2015, resolvemos, então, juntar latinhas, já que minha mãe faz isso e eu sempre a ajudava quando podia.

Latinhas de alumínio! De uma em uma, eles vão renovando as esperanças de conseguir fazer o mais lindo casamento, simples que seja. O projeto ganhou até um nome e uma página no Facebook: Uma Latinha para Casar. Simples assim.

banner uma latinha pra casar casamento simples

Vocês tem noção do amor que move esse casal? Quantos teriam a força de vontade deles?

Juntar latinhas não deve ser nada fácil e é preciso muitas para se ter algum dinheiro. Para vocês terem uma ideia, pelo que pesquisei aqui, o quilo da latinha de alumínio vale de R$ 2,40 a R$ 3,70. Para conseguir um quilo, são necessárias 75 latas. Faça os cálculos aí.

Mas como diz o ditado: ter amigos é melhor que dinheiro no bolso. A história do Bruno e da Ana se espalhou pela cidade do interior de Minas Gerais (Itabira), onde moram, e a adesão entre colegas e até desconhecidos foi incrível:

É até engraçado porque eles sempre falam com a gente: “não consigo mais ver uma latinha na rua e não recolher para vocês”. É gratificante ver todos envolvidos com o projeto. Não apenas amigos, mas pessoas que nem conhecíamos antes.

latinhas do projeto uma latinha pra casar arrecadação proejto uma latinha pra casar casamento simples

Os dois já arrecadaram mais de 20 mil latinhas, que estão sendo armazenadas na casa deles para serem vendidas no final do ano. Mas há lugar pra muito mais, viu?! O casal, que se conheceu ainda na escola, tem fé que a celebração desse amor e o sucesso do projeto serão lindamente comemorados no dia 17 de abril de 2017, a provável data do casamento. 

casal uma latinha pra casar casamento simples

Acessem a página deles (Uma Latinha para Casar) e ajudem como puderem! 🙂

* Foto destaque: Igor Procópio/DeFato

casamento à luz de velas
Erros e lições, Originalidade

Um apagão e o casamento à luz de velas

“Um casamento daqueles de revista”

A Caroline Rufini, nossa noiva de hoje, sonhava com isso e ralou muito, durante meses, pra que tudo, simplesmente TU-DO, fosse realizado como ela sempre quis. Era aquele tipo de noiva perfeccionista e detalhista, sabe? 

casamento à luz de velas

Tinha tudo muito bem organizado: várias pastinhas no computador, muitas ideias de blogs e os melhores profissionais que eu podia pagar. Fazia questão de acompanhar cada coisinha de perto. Um ano antes do casamento, eu já estava com todos os fornecedores fechados.

Era só esperar a data marcada e ó, arrasar!

No dia do casamento, lá estava ela, contente da vida, com suas madrinhas em um quarto de hotel em Curitiba, praticamente blindada do mundo exterior. Nem percebeu que uma chuva torrencial estava caindo na cidade naquele momento. E advinha qual foi um dos bairros mais castigados? O bairro do Cabral, endereço da igreja onde a Carol iria se casar naquela noite.

Resultado: Um apagão geral. Zero energia elétrica para mais 40 mil moradores de Curitiba e região. As manchetes dos jornais estavam assim:

manchete jornal tempestade curitiba casamento à luz de velas

Depois, meu então noivo, o João, me contou sobre a apreensão dele naquele momento. Ele disse pra cerimonialista: “Nossa a Carol vai surtar ao perceber que está faltando luz, depois de tanto trabalho e tanta dedicação pra organizar esse casamento!”

O que você, como noiva, faria nesse momento?

Na verdade, no seu grande dia você nem consegue fazer muita coisa além de se preocupar com você mesma, seu vestido, sua maquiagem, seu penteado. Não dá pra sair correndo atrás disso e daquilo. Não dá pra ficar fazendo ligações, resolvendo problemas e acompanhando o andamento dos preparativos. Não dá, gente!

Por isso, enfatizo: pra mim, é importantíssimo ter um cerimonialista ou assessor. Algumas noivas até conseguem tocar o barco sozinhas, claro, mas acho arriscadíssimo e bem complicado. (Olha nosso outro post sobre Ter ou Não ter Cerimonialista).

Com essa minha personalidade alvoroçada e agitada e ansiosa e desnorteada e maluca e que fica pingando suor ao levantar uma colher (Meu casamento real: pingando de suor), jamais optaria por não ter esse serviço. Zulivre! 

Foi a assessora da Carol, Anna Brito (essa merece aplausos!) que contornou o imprevisto e transformou algo que poderia ser um desastre em um momento único e deslumbrante.

Olha só o que a Anna fez: foi ao mercado perto da igreja, comprou velas (ainda teve a delicadeza de escolher estilos diferentes para padrinhos e convidados) e distribuiu a todos os presentes da igreja. Detalhe: tudo do bolso dela. A noiva, até aí, não estava sabendo de nada.

casamento à luz de velas

 Eu estava tão anestesiada, em estado de choque com o casamento em si, que nem entendi de imediato o que estava acontecendo. Eu realmente assimilei a falta de luz quando a cerimonialista da igreja me disse, no instante da entrada, que não poderia colocar as fotos da minha mãe (já falecida) nos telões por conta da falta de energia. Essa era uma homenagem que iria fazer para senti-la mais pertinho de mim naquele momento tão especial. Na hora, falei: “isso é obra da minha mãe. Ela é muito tímida e não gosta de aparecer…”

casamento à luz de velas

A escuridão deu lugar a um cenário mágico. Pontos de luz iluminaram a entrada da noiva e toda a cerimônia. Um clima de puro romantismo em um sonho de casamento à luz de velas.

casamento à luz de velas

casamento à luz de velas

Na saída, os faróis da van, que o sogro da Carol contratou para levar alguns convidados, estava iluminando a entrada da igreja. Já o carro do irmão da noiva iluminou toda a lateral do local. Inclusive, a bateria do veículo arriou e foi preciso chamar o SOS pra que ele conseguisse chegar até o salão da recepção. Os irmãos sempre ali pro que der e vier, né?! 

casamento à luz de velas

Meu casamento foi maravilhoso, encantador, mágico. Depois soube que outras noivas queriam fazer um casamento à luz de velas, mas as igrejas não permitem, né?! Não teve um casamento semelhante ao meu, único e especial. E todos os convidados falam a mesma coisa. Quando lembro daquele dia sinto muita saudade.

casamento à luz de velas

Alguém ainda tem dúvidas de que esse foi um verdadeiro casamento de revista?

A repercussão foi enorme!

A noiva deixa aqui um último e sábio recadinho pra vocês.

Nada nessa vida é perfeito e o que é perfeito pra mim, pode não ser perfeito pro outro. Se houver algumas falhas, não dê bola. Lembre-se que ninguém sabe o que foi escolhido por você. Se a cor da fita foi o vermelho sangue ou vermelho bordô. Isso não faz a menor diferença pra ninguém. Nada acontece por acaso. Deus sabe o que faz. Apenas curta o momento porque ele passa rápido!

casamento à luz de velas

Anotaram?  😉 

*Fotos: Igor Kosiski 
mãe de noiva
Família no Casamento, Originalidade

Mãe de noiva

Nessa semana, minha mãe me mandou uma mensagem dizendo que sonhou comigo criancinha. Disse que acordou e sentiu uma certa tristeza por eu não ser mais aquela meninazinha que fazia estripulias pelo quintal e não sabia achar os sapatos que perdia pelo caminho. 😥 Fiquei chorosa. (Mãezinha, te amo!)

Ainda não tenho filhos, mas imagino um pouco (ou acho que consigo imaginar) a mistura de sentimentos que invade um coração de uma mãe ao ver seus passarinhos deixando o ninho. O casamento, muitas vezes, representa esse voo de separação. 

Ver uma filha casando…ah deve ser um sonho, mas também um momento em que bate aquela dorzinha da saudade e de mais uma vez se perguntar: aonde foi parar o tempo? 

Ser mãe de noiva é queimar os dedos com cola quente nas madrugadas da vida fazendo os DIY de casamento. É sair pra entregar os convites que os noivos não conseguiram entregar. É bater perna até encontrar aquilo que a filha quer. É cozinhar, costurar, remendar pra economizar nos gastos. É chorar junto nos dias de aflição que antecede a festa. Ser mãe de noiva é também brigar por conta da chatice da noiva (que é muito chata, às vezes, eu admito). É palpitar no modelo do vestido, na cor do casamento, na lista de convidados… mas, acredito que, sobretudo, é fazer das tripas coração pra ver a felicidade da sua cria. 

E quando uma mãe leva a filha até o altar, pode crer que ali tem história pra mais de uma vida. O Causos de Noiva reuniu algumas dessas lindas histórias para homenagear todas vocês, mãezonas!

 

Danielle Carvalho

Após um período de muita luta, meu pai partiu acometido por um câncer devastador em junho de 2014. Depois deste período de tanta tristeza, decidi que a partir de então só teria alegrias na vida, buscaria felicidade. Assim, em novembro de 2014 fiquei noiva e em maio de 2015 me casei (estou prestes a completar meu 1º ano de casamento). Minha mãe, com muita dignidade e força, suportou a partida do companheiro de 42 anos de convívio e disse que entraria comigo, apesar da timidez dela e da emoção por não ter mais meu pai fisicamente entre nós. Ela é uma fortaleza. Na minha entrada, fiz uma surpresa para ela: entramos com a mesma música que ela entrou em seu casamento (Ave Maria de Gounod) e projetei num telão uma imagem bem bonita minha e do meu pai. Porque ele esteve lá comigo, como sempre fez em todos os momentos felizes de nossas vidas.

mãe de noiva

 

Aline Oliveira

Só tenho a dizer que, parceira, amiga, companheira, não tem igual. Meu pai se foi há 2 anos e 5 meses e eu não poderia dar a outra pessoa essa honra. Te amo, minha amada mãe!

mãe de noiva

 

Manuella Porto Arruda

Meus pais se separaram muito cedo e ele foi morar em São Paulo, então nosso contato era pouco. Minha mãe sempre fez o papel de pai e mãe e não tinha como ela não me entregar pro meu futuro marido, sabe?? Pra evitar que meu pai se chateasse de não entrar comigo, entrei com ele até um pouco mais da metade da nave. Depois minha mãe foi até nós e me pegou pra entregar pro meu noivo! Como quase ninguém sabia que faríamos essa “troca”, foi muito legal! Emocionante!

mãe de noiva

 

Gessiane Silva

Minha mãe se chama Maria. Ela é uma guerreira! Sempre foi pai e mãe, lutou e luta para que nada falte para os seus. Eu a amo demais .Meu pai faleceu há 7 anos e ela merecia entrar comigo

mãe de noiva

 

Rachel 

Minha mãe nesse momento tão importante da minha vida. Mulher guerreira que nunca mediu esforços para me educar, me ensinou tudo nessa vida. Não me imagino com outra pessoa ao meu lado. Muito orgulho de ser sua filha, mãe! 

mãe de noiva

 

Amanda Marins

 Entrei com minha mãe que sempre foi mãe e pai.

mãe de noiva

 

Priscila Jacomino

Eu entrei com minha mãe e foi lindo! Casei em 01/05/15 e meu pai faleceu no dia 31/12/14. Não tinha uma pessoa melhor para o substituir nesse momento. Foi simplesmente lindo!

mãe de noiva

 

Juliana Pessoa Ramos

Minha mãe há mais de 10 anos tem sido mãe e pai, pois meu pai faleceu!!! Ela é um exemplo, pois cuidou de tudo por muitos anos. Abriu mão da vida dela pra cuidar do meu pai que ficou doente numa cama. Mas nunca perdeu a vaidade, a alegria, sempre disposta a mudar todo mundo mesmo cheia de dificuldades. É claro que no meu casamento não teria ninguém melhor para este papel 😘😘😘!

mãe de noiva

 

Márcia Andréia Leal Lima

Escolhi entrar com a minha mãe pelo fato de ter meu pai falecido. Quis fazer essa homenagem a mulher que me deu a vida e que abriu mão de muitas coisas na sua vida pelos seus filhos.

mãe de noiva

 

 

primeiro beijo no altar
Originalidade

“Demos nosso primeiro beijo no altar”

Comecei a namorar pelo Skype. Depois do sim online, só fui ver pessoalmente meu então namorado depois de 15 de-mo-ra-dos dias. Ou seja, tive que esperar 360 intermináaaaaaveis horas para tascar-lhe um beijo pela primeira vez! Lembro-me como se fosse hoje daquele beijo na porta do desembarque no aeroporto. (ui, me arrepiei!)

Bem, eu comecei a namorar à distância e os quilômetros entre São Paulo e Fortaleza me obrigaram a esperar, né?! Agora, imagine esperar um ano e quatro meses pra dar o primeiro beijo no seu namorado(a), vendo-o(a) normalmente quase todos os dias! Essa foi a decisão da Jozi (brasileira) e do Raurie (americano), nossos pombinhos de hoje, que concordaram em esperar para dar o primeiro beijo no altar, só depois de oficialmente declarados marido e mulher. 

primeiro beijo no altar noivos

Parece loucura? Sim, principalmente nos dias de hoje, né?! Mas os dois são cristãos e firmaram esse compromisso primeiramente com Deus. Pra você entender, esse tipo de relacionamento é chamado de corte, que vem de cortejo, cortejar, entende? Neste tipo de namoro, o objetivo do casal é focar na amizade e no conhecimento mútuo, sem intenso contato físico. 

Com 19 anos, decidi que só queria beijar meu futuro marido. Quando conheci o Raurie, tinha 7 anos que eu não namorava e nem sequer pegava na mão de ninguém.

primeiro beijo no altar noiva orando

Esse casal tem meu respeito, porque, olha… é preciso muita atitude e fé para aguentar as críticas e as piadinhas que, com certeza, não foram poucas durante essa caminhada sem beijos até o casamento.

Penso até nas perguntas que surgiram: “Mas se você não gostar do beijo?” “E se ele (ela) não beijar bem?”

WHAT???

Amor de alma, meu povo, não se limita a beijo na boca (ou a sexo)! Os dois são categóricos em dizer que não é fácil. Não é conto de fadas. Não é modinha pra aparecer bem na fita pra quem quer que seja. Mas é uma escolha baseada em algo muito maior, que para eles, era a melhor decisão no momento.

primeiro beijo no altar first look

É algo que vai além da nossa vontade e nasce primeiramente no coração de Deus. Confesso que foi meio confuso no começo, mas é como todo tipo de relacionamento que no começo tem uma fase de adaptação. Eu tinha uma história de relacionamentos antes dele, como o Raurie tinha a própria trajetória de namoros antes de mim e fazer corte era algo totalmente novo pra ele.

primeiro beijo no altar

Depois de tanto tempo esperando, tem noção da emoção que foi o primeiro beijo no altar? Eu estava lá do ladinho deles e digo que a cena foi de arrepiar!

primeiro beijo no altar

O casamento dessas lindezas, além de ter sido um daqueles dignos de encher um board todinho do Pinterest, foi tocante do começo ao fim, por toda a história de amor, fé e renúncia representada neste primeiro beijo no altar. Uma das celebrações mais mágicas que já presenciei na vida! (Ah, e esse cenário maravilhoso de filme é de uma fazenda lá nos Estados Unidos, em Seattle!)

O primeiro beijo foi assim do jeito que eu sempre sonhei. Ele é o homem da minha vida! Senti que foi meu primeiro e único beijo, apesar de ter namorado e beijado outros meninos antes dos meus 19 anos. E nós dois também nunca tínhamos falado “eu te amo” pra outra pessoa. Guardamos isso um pro outro e ele foi realmente meu primeiro amor. Se valeu a pena? Muito. Foi difícil, mas tudo que vale realmente a pena na vida não é facinho, né?!

primeiro beijo no altar

É isso aí, minha amiga Jozi. Sua história é emocionante e lindíssima! É visível o quanto vocês dois são extremamente loucos um pelo outro. Que seja assim sempre!!! 

primeiro beijo no altar

primeiro beijo no altar madrinhas mesma cor

personalizar seu casamento
Criatividade, DIY, Economia

7 maneiras (baratas) de personalizar seu casamento

Uma das coisas mais sem graça que eu particularmente acho é: casamento que não reflete a  personalidade dos noivos. Festa bonita tem a ver com o jeitinho do casal, visível nos detalhes da festa. Por isso, personalize sua celebração! Com seu toque. Sua criatividade. Sua história.

Veja algumas dicas:

1. Invista em papelaria:

Com papel e uma impressora colorida a gente consegue dar um charme enorme à festa. Faça tags para colocar em garrafinhas, copos, jarras, lembrancinhas, docinhos, nos porta guardanapos… Imprima (na sua impressora de casa mesmo) cardápios, marcadores para mesa dos convidados e confeccione outros detalhes como corações, passarinhos e gaiolas de papel no melhor estilo DIY para incrementar delicadamente a decoração.

 

personalizar seu casamento passarinho gaiola papel

 

Não tem muito tempo de colocar a mão na massa? A Estrutura Festas, parceira do Causos de Noiva, faz placas, tags e diversos itens personalizados online da maneira que você sonhar. E o melhor: com um preço bacana, pensando no orçamento apertado de toda noiva. Quem é leitora do blog ainda ganha ganhe 10% de desconto!!! Use o cupom “causosdenoiva

2.  Mostre seu hobby

Gosta de skate? De bike? De esportes náuticos? De música? Inclua símbolos do seu hobby nos itens de decoração do casamento.

3. Fotos & mais fotos

Há diversas maneiras diferentes e charmosas de incluir  fotos na sua festa de casamento. Além de colocá-las em porta-retratos, dá para fazer cortinas, varais, centro de mesa, painéis, etc. Você também pode mostrar, através de fotografias antigas, a história de amor dos seus pais ou trajetórias de pessoas especiais para o casal. Lindo, né?!

As fotos de recordação ainda podem ficar super bacanas com painéis de tamanho real, que imitam por exemplo, uma Kombi retrô. Dá pra fazer uma com o seu estilo e seu monograma! (clique na imagem e saiba como fazer)

personalizar seu casamento

4. Sirva comida que tem a ver com vocês

Se você e seu noivo(a) têm um jeitão irreverente, dá pra mostrar isso também na comida. Já pensou em servir pizza? Ou hambúrguers? Dindim, geladinho ou sacolê? Faça um menu gostoso e diferente, que possa transmitir esse bom humor e essa informalidade típica do casal.  Inclusive, você pode colocar um food truck ou uma food bike pra dar um diferencial a mais na festa. Que tal?

5. Lousa e giz

Ah as lousas…Um caso de amor tenho por elas. São fáceis de achar (e fazer com tinta apropriada) e você pode personalizar qualquer cantinho, criando textos e desenhos de acordo com a tendência do seu casamento. Dica: o giz líquido (tipo um canetinha) é muito mais prático pra você fazer qualquer arte nas lousas.

personalizar seu casamento lousa

Técnica para você escrever lindamente nas lousas 😉

6. Entrada da noiva

A hora mais esperada da cerimônia não precisa seguir o padrão básico, se isso não combinar com seu estilo. Coloque uma música diferente, que lembre alguma data importante pra vocês, entre sozinha, acompanhada da mãe, do padrastro, do irmão, dos irmãos, do bichinho de estimação… O importante é você representar sua história ali naquele momento. Uma noiva, que contamos aqui no blog, esperou o noivo no altar. Super emocionante e diferente. Veja o post aqui.

Causos_Dayane_7

Um outro noivo, fotógrafo de profissão, trocou a plaquinha de “lá vem a noiva” por uma câmera fotográfica e clicou a amada entrando no salão. Confere a histórias e as fotos neste post

noivo fotografa entrada da noiva

7. Pista de dança personalizada

Em festas em locais fechados e até ao ar livre, a pista de dança pode se transformar em uma espécie de grande peça de decoração personalizada. Aplicar no piso um monograma ou qualquer outro texto referente aos noivos, é uma ideia delicada que, além de surpreender os convidados, deixam as fotos tiradas do alto lindíssimas.

personalizar seu casamento pista de dança

Foto: Rebecca Wood

personalizar seu casamento pista de dança

Foto: Zelo Photography

 

Se você não quer dor de cabeça e nem sair de casa, clique aqui e receba o material personalizado da sua pista de dança em casa com toda tranquilidade 😎 . Por que estresse já temos muito, certo? Não esquece que você tem 10% de desconto em qualquer compra no nosso parceiro Estrutura Festas com o cupom “causosdenoiva”  😉 

entrada da noiva
Criatividade

A noiva pelas lentes do noivo. Que ideia genial!

O que era pra ser apenas um ensaio fotográfico, se tornou um baita evento na vida da Jéssica (a então cliente) e do David (o fotógrafo). Não pelas super fotos profissionais, mas porque um click diferente aconteceu naquele dia de 2014.

noivo fotografa noiva

Os dois se apaixonaram e o namoro veio logo em seguida. Batizaram-se juntos na igreja que frequentam e com um pouco mais de 2 anos, lá estavam eles se preparando para uma das mais lindas composições da vida. Como a fotografia esteve no primeiro plano dessa história, ela precisava receber um foco especial também durante a cerimônia de casamento.

A ideia foi do David, claro! Ele é super criativo e praticamente na última semana decidimos mudar o rumo das coisas. O casamento todo foi direcionado pra algo mais informal, diferente do que as pessoas estão acostumadas a ver nos casamentos e pensando nisso foi que ele teve essa ideia.

Qual ideia mesmo?

Deixa eu abrir um parêntese aqui rapidinho.

Sabe aquelas plaquinhas para entrada da noiva? “Última chance pra fugir”, “Foge não, ela tá linda”, “Lá vem a noiva”, etc. Pois é. Eu, particularmente acho essas plaquinhas por demais batidas. Vocês não acham? Quase todo casamento hoje tem! Isso sem falar na questão do machismo e tudo mais (veja esse texto interessantíssmo sobre isso do blog O Amor é Simples). Eu sei que é uma brincadeira, mas não acho nada original e, na minha opinião, já deu.   

noivo fotografa noiva

Foto: Alfredo Toscano via Zankyou

Fecha parêntese.

A Jéssica e o David deram um show nesse ponto. Eles substituíram a famosa plaquinha por uma máquina fotográfica. A daminha levou o equipamento até o noivo que, do altar, registrou a entrada da sua amada.

noivo fotografa noiva

Não é demais?!

Foi mais que emocionante! Com certeza o momento que mais marcou esse dia!

 Sem sombra de dúvidas estar do outro lado da história foi algo muito especial para nós e especialmente para ele que sempre registrou tantos casamentos e que agora pôde vivenciar os mesmos sentimentos, a mesma ansiedade, emoções e afins. Com certeza essa experiência veio a acrescentar muito a nossa profissão, pois nos tornou mais sensíveis a identificar o que deve ser feito ou não, o que pode ser dito ou não e principalmente, entender o que os noivos estão sentindo ali e consequentemente executar um trabalho com maior excelência.

noivo fotografa noiva

Pensando cá com meus botões, o contrário também ficaria legal pra registrar a emoção do noivo pelas lentes da noiva, né?! Só não sei bem como a noiva faria isso segurando o buquê.  Bem, deixo o desafio pra vocês, meninas.  😀 

Jéssica e David, que a vida de casados continue com essa iluminação especial, vinda do alto, e seja sempre repleta das mais lindas cores.

noivo fotografa noiva suspiros casamento

*Fotos de David Barnes Fotografia (o noivo), Dinho Rodrigues e Beto Santana.

 

 

casar graças ao tinder
Pedido de Casamento

Vou casar graças ao Tinder!

Fica um minutinho só sem internet. É pra pirar, não é?! Fazemos “de um tudo” nesse mundo virtual. Aí te pergunto: por que não ir em busca de um amor online? Vamos confessar que ainda tem muita gente que retorce os beiço para esses sites ou aplicativos de namoro. Tudo bem, tem um bocado de doido aí que se esconde atrás de um computador ou celular, mas tem um monte de gente legal também, como acontece em qualquer lugar do universo.

Não tenho 1 nem 2 amigos que conheceram a cara metade deles por sites de relacionamento. São vários casos e, diga-se de passagem, super bem sucedidos! Vou contar-lhes mais um hoje que chegou no e-mail do Causos de Noiva.

casar graças ao tinder

Estava solteira fazia 3 anos e já não acreditava mais no amor. O tempo tava passando e eu cada vez mais me decepcionando com os homens. Até então não tinha dado sorte no amor. Sofri nos meus relacionamentos anteriores, fui traída, enfim…

Foi aí que a internet entrou na jogada. A Lorena baixou o aplicativo de namoro Tinder por incentivo da irmã e deixou as coisas rolarem, meio que sem muitas expectativas. Conheceu algumas pessoas, foi a alguns encontros, fez amigos…mas uma sexta-feira à noite o perfil do Leonardo saltou à tela.

Like! 💚

O rapaz, lá do outro lado, também mandou a fotinho dela pra direita.

Like! 💚

Opa. It’s a Match!

💑

Chat vai, chat vem e saiu o encontro.

Já estava tão desanimada que pra mim era mais um encontro, não sabia exatamente o que eu iria achar dele. Enfim, conversamos durante 2 horas, ele me fez rir contando as suas histórias de viagem, eu falei da minha vida.. Foi empatia de cara!

Só tinha um pequeno detalhe: o moço era de Campinas e ela de Fortaleza. Ele estava passando apenas alguns meses na terra do sol.  Hum…vixe, e agora?

Ficamos “ficando” durante um mês e eu o pedi em namoro. Ele voltou pra São Paulo e continuamos o namoro à distância.

Namoro à distância é complicado e sem perspectiva de futuro é complicado e meio. Eu que o diga! Mas é super possível e a saudade bem dosada dá um tempero especial ao relacionamento. Também conheci meu marido quando ele estava de férias em Fortaleza e namoramos por um ano pelo Skype (inclusive, incluímos isso no nosso convite! Dá um olhada aqui.)

casar graças ao tinder

Ah, mas o Leonardo foi mais rápido no gatilho. Com seis meses, resolveu a parada.

Fui passar a virada do ano com ele no Rio de Janeiro e fui surpreendida com um pedido de casamento no réveillon. Foi lindo!

Vamos casar agora em março, dia 11 e vou morar em São Paulo. A vida é uma caixinha de surpresa mesmo, é tudo e no tempo de Deus, ele sabe sempre o que faz!

casar graças ao tinder

Ô se sabe! Lorena, você vai fazer o mesmo caminho que fiz há um ano e meio e te digo que foi a melhor decisão que poderia ter feito na vida. Força aí nos preparativos do casamento. Sejam muito felizes e venha me visitar em São Paulo!!!

casar graças ao Tinder

Créditos: Primeiro ícone feito por Freepik de www.flaticon.com
Criatividade, Originalidade

Não basta ser noivo, tem que participar

Que a mulherada domina os preparativos do casamento, isso ninguém discute.

participação do noivo

Ah, mas seria uma pequena injustiça dizer que não há noivos esforçados. Ultimamente, tenho visto tanto homem pintando garrafa, cortando convite, colando berinbelos… e claro, controlando a grana do casório, se não as bonecas querem copiar o casamento da novela das 8, né?! 

Tem noiva tão pirada que fica com raiva quando o noivo não sabe diferenciar a cor Marsala (???) de um vermelho basicão. Vamos dar um desconto, meninas!

Bem, o Dudu Teruszkin, noivo da Marina, é um noivo mais que esforçado. Ele parece que entendeu toda essa agonia, ansiedade, loucura, piração que assola a vida de uma noiva. E digo mais: este noivo faz campanha para engajar os outros homens que estão prestes a subir ao altar. Uma salva de palmas porque ele merece, vai…É através do Noivo Terapia, uma página do Facebook e um perfil do Instagram, que o Dudu traz ao mundo toda sua visão masculina e bem-humorada da preparação de uma festa de casamento.

participação do noivo

Eu comecei a escrever textos depois de todas as reuniões que tínhamos ou feiras que visitávamos. A minha ideia era intercalar o álbum de fotos com um diário dos preparativos até o grande dia. A Marina (noiva do Dudu desde 2014) leu alguns deles e pediu para publicá-los. A princípio eu não quis, porém ela acabou me convencendo (como sempre acontece) e eu publiquei o primeiro, e o segundo e o terceiro….

participação do noivo

Ele é publicitário, inclusive conheceu a noiva em uma agência de marketing no Rio de Janeiro, mas parece que se tornou mesmo um terapeuta/conselheiro de diversos noivos Brasil a fora.

Tanto noivos quanto noivas vem contar seus “causos” para mim, e eu tento dar os melhores conselhos possíveis! Tenho um grupo no WhatsApp muito legal onde temos 100 noivos extremamente participativos, e lá rola muita coisa! Mas tudo é segredo de “consultório”… hahahaha

Alô, noiva Marina, descobre umas coisinhas e conta pra gente!  😆 Rapaz, pensando bem, é bom mesmo não saber o que rola neste grupo, porque eles devem conversar cada besteira barbaridade.   🙄 

participação do noivo

Aposto que tem umas noivas por aí borocochô, querendo que o noivo fosse pelo menos metade do Dudu em engajamento. Calma, relaxe e evite comparações, pelo amor de Deus! Cada um é cada um, fazer o que, né?! De qualquer forma, o terapeuta dos noivos deixa uma dica:

Como quase ninguém quer se comunicar com a gente (noivos), é muito mais fácil deixarmos de lado essa participação do que nos engajarmos. Por isso, quem quiser engajar o seu companheiro, deve mostrar a cada minuto o quão é importante a participação do noivo nesse momento, assim tenho certeza que ele vai querer muito fazer a sua parceira feliz.  

participação do noivo

Eu acrescento mais uma dica: coloca o noivo pra cuidar das coisas mais burocráticas ou braçais que tenham menos “frufrus” pra decidir – ligar pra checar valores e contratos com fornecedores, ajustar os detalhes da lua de mel (esta parte eles se interessam muito!), cortar e pintar madeira pra algum DIY, ir à gráfica imprimir os convites – ah, pede pra ele comprar um bolo de cenoura com calda de chocolate de vez em quando pra acalmar seus ânimos também.  😉

Ps: Aproveita e dá uma olhada no novo site do Dudu: www.noivoterapia.com.br